Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Imagem representativa do item

Dossiê 50: os onze jogadores revelam os segredos da maior tragédia do futebol brasileiro

Tipo
Livro
Produção
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
2000
Páginas
155
ISBN/ISSN
8573023171
Suporte
Papel
Dimensões
16 x 23cm

Dezesseis de julho de 1950. Exatamente às 4h50, 200 mil espectadores silenciaram o maior estádio de futebol do mundo, o Maracanã. Catatônicos, eles assistiram à Seleção Brasileira perder, em casa, a Copa do Mundo para o Uruguai, por 2x1. Para nós, um empate bastava para chegar ao título. Mas havia um certo Ghiggia no meio do caminho... Dos pés do atacante adversário saiu o chute que Barbosa não conseguiu defender. Enquanto a bola morria no fundo da rede, nascia uma partida mitológica, com carrascos heróis/anti-heróis e explicações de todos os tipos para o inexorável placar. Ao longo de 15 anos, o jornalista Geneton Moraes Neto também procurou uma resposta. Entrevistou os envolvidos diretamente na lendária partida, pesquisou o tema e ouviu os que acompanharam a derrota, da arquibancada. Em "Dossiê 50", Geneton passa a palavra a que de direito - o técnico Flávio Costa e os 11 que, naquele domingo, entraram em campo com a mão na taça Jules Rimet e deixaram o gramado com o gosto de fel da derrota, ainda amarga após meio século.

Exemplares

MF0000003014b / 060"1950" MORAES N e.1 / circula no local
MF0000003654b / 060"1950" MORAES N e.2 / circula internamente
MF0000003959b / 060"1950" MORAES N e.3 / circula externamente
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Governo do Estado de SP