Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Imagem representativa do item

Futebol de Papel

Tipo
Exposição Temporária
Ano
2013
Edição
1
Local
São Paulo, São Paulo, Brasil
Fim
20/04/2014

A exposição Futebol de Papel mostra a histórias do futebol brasileiro contado através de acervos que tem como suporte o papel: figurinhas, postais, cartazes, selos, embalagens, documentos, carteirinhas, álbuns. É uma grande homenagem às coleções e aos colecionadores de impressos em papel. Reúne mais de 15 colecionadores e tras documentos de 6 clubes, 4 deles profissionais (Portuguesa, Santos, São Paulo e Botafogo – RJ) e 2 amadores (Associação Atlética Açucena e Santa Marina Atlético Clube), além de acervos da Biblioteca Nacional e do Instituto Von Martius. Os acervos dispostos tanto em vitrines (mais de 200 peças) quanto de forma virtual (mais de 500 itens), são verdadeiras relíquias que recontam curiosidades e causos de atletas, clubes, campeonatos regionais e também da seleção brasileira e das Copas do Mundo. Em meio a essas coleções, há um grande homenageado: João Batista dos Santos, que durante mais de 20 anos confeccionou – à mão! – a coleção “Nosso Jornal”. Esse manuscrito versava sobre os times e campeonatos amadores do bairro de Perdizes, entre os anos de 1969 a 1981. O acervo foi doado ao Museu pelo próprio João Batista. A exposição ainda apresenta uma trilha sonora original, três vídeos, um game interativo e a obra do artista plástico convidado Marcelo Jácome. Não conseguiu visitar a exposição Futebol de Papel? Visite a versão virtual dessa exposição na plataforma Google Cultural Institute! clique aqui!

Textos

Todo apaixonado pelo futebol guarda em suas lembranças os lances emocionantes, as partidas decisivas, os ídolos imortais, os títulos dramáticos, as alegrias e tristezas que o esporte lhe proporcionou ao longo da vida. Mas, como conservar tantos momentos que, pouco a pouco, se esfumam no tempo?

É assim que o amante da bola sente a necessidade de registrar no papel, de diversas formas, o que de mais importante vivenciou. Anotar, desenhar, relatar e colecionar são ações que demonstram uma experiência afetiva com o futebol.

É o que a exposição Futebol de Papel oferece ao seu visitante: um amplo mosaico de memórias compartilhadas, trazidas à luz pelos pertences de entusiasmados colecionadores que, por anos a fio, preservaram um sem-número de jornais, revistas, cadernetas, álbuns, cartões postais, selos, figurinhas, ingressos, carteirinhas, cartazes e embalagens.

O papel não é apenas o suporte dessas memórias, mas o cenário desse universo de coleções. Caixas de papelão, empilhadas, formam as paredes, as estruturas e servem de abrigo às vitrines. A fragilidade dos acervos de papel está ao lado das potencialidades de preservação oferecidas pelos meios digitais: o museu oferece ao público os detalhes de cada coleção em totens multimídia.

Venha, adentre nesse túnel do tempo, arredonde o seu olhar, sinta a textura dessas recordações. Como no giro de um caleidoscópio, conheça em cores vivas e vibrantes, antigas páginas do nosso futebol, que fizeram deste jogo “o maior espetáculo da Terra”.

Anexos

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Governo do Estado de SP