Inside the Football Museum Collections: Pelé at 80

In the year 2020, the King of Football celebrated his 80th birthdayBorn in the city of Três Corações (in the Brazilian State of Minas Gerais), Pelé earned worldwide acclaim for his football-as-art virtuosity and mastery of the ballAt just 17 years of agehe lifted his first World Cup Champions Trophy – which was also the first for Brazil – and subsequently went on to cement the archetypal image of the Brazilian who is good with a ballThe Football Museum is now paying due homage to Edson Arantes do Nascimento, who turned 80 on 23 October of last yearAlong with the temporary exhibition Pelé at 80 – the King of Footballopen to visitors between October 2020 and April 2021, the Brazilian Football Reference Center (CRFB) has also put together a compilation of images, books and films that tells the full story of the man who wore the number 10 jersey for Brazil. 

Pelé com jornalistas. Acervo Museu do Futebol | Coleção Thomas Mazzoni | Direitos Reservados

Digital collections

Of over 60 digital collections in the Football Museum archivefive contain material on the Kingmaking a total of 232 photos and newspapersThe collections come from players, journalists, photographers and other professionals who were Pelé’s contemporariesincluding Julinho Botelho, Thomaz Mazzoni, Antônio Lúcio and Mário AméricoThere are also collections put together by fans just like us – such as that of Sebastian Vasquez. 

Com agasalho da Seleção Brasileira, Pelé domina uma bola com a cabeça.
Pelé brinca com a bola. Acervo Museu do Futebol | Coleção Thomas Mazzoni | Direitos Reservados
Jogadores da Seleção Brasileira olham pela janela de um ônibus pintado com "Circular Poços de Caldas" na lataria.
Pelé e Seleção Brasileira ficaram concentrados em Poços de Caldas (MG) antes do Mundial de 1958. Acervo Silvia Herrera | Foto Antonio Lucio.

Bibliográfico

The Brazilian Football Reference Center Library contains 39 books, including biographies and catalogues, on Pelé’s career. Most were published in Brazil, the oldest being “I am Pelé” (co-authored by Benedito Ruy Barbosa), from 1961, and “Voyage around Pelé” (by Mário Filho), from 1963. 

However… suppose you want to find out more about the history of the King but don’t have time to read the whole book collection. Where do you start? 

To help with this, we, at the CRFB team, have picked out the four books we think are most important. 

Pele toca violão ao lado de Ivair. Eles estão bastante sorridenters e vestem camisas da CBD.
Foto: Pelé com Ivair. Acervo Silvia Herrera | Foto Antonio Lucio
Capa do livro. Foto em preto e branco mostra Pelé de costas com camisa listrada em preto e branco descendo pelo túnel dos vestiários.
PELÉ. Pelé: minha vida em imagens. São Paulo: Cosac Naify, 2010. 150 p.

In the form of a scrapbook, this book contains photographsnewspaper cuttings and posters representing key moments in the life of Pelé: from his thousandth goal to the portrait created by Andy Warhol in 1977, from hugging Muhammad Ali to his last appearance for the Brazilian national squadThis publication also contains a list of all the games played and goals scored by Pelé, by year, date, team and opponents. 

Capa do livro com uma foto em preto e branco de Pelé. Apenas a camisa amarela da Seleção está colorizada.
PELÉ [com DUARTE, Orlando; BELLOS, Alex]. Pelé: a autobiografia. São Paulo: Sextante, 2006. 298 p.

Writing a biography of Pelé is as difficult as marking him on the pitchWho better then to write it then than the man himselfWritten in easy-to-read, almost conversational, language, this autobiography describes the joys and tribulations of the unparalleled career of the greatest footballer of all time. Pelé is not afraid to address his anxieties—infighting and family difficultiesNo other footballer has been the subject of so many biographiesbut none of these portray his life so well as the one penned by the King himself. 

Capa do livro. Fundo Azul claro com foto de Pelé com a camisa amarela da Seleção em destaque
PINHEIRO, Domício (org.). Era Pelé: documento histórico-fotográfico da vida do maior jogador de futebol de todos os tempos. São Paulo: Seqüencial, 1984. 386 p.

This 386-page tome contains a collection of images from throughout Pelé’s career taken by “the King’s official photographer”, Domício Pinheiro, who accompanied Pelé during the best years of his career and was one of the principal photojournalists of the Golden Age of Brazilian football. 

Capa, com uma grande fotografia de Pelé tirando a camisa amarela da Seleção. O rosto dele está escondido sob a camisa.
DE VANEY. A verdade sobre Pelé: as fantasias, os exageros, o mito, as histórias de um desertor. São Paulo: Companhia Lytographica Ypiranga, 1976. 300 p.

This controversial book was published in 1976 by the journalist Adriano Neiva “De Vaney”, who accompanied Santos on and off the pitchThe aim was to demystify the figure of Pelé, arguing that much of the statistical and historical information available on the player is inaccurateThe copy in the library is one of the few still in existencesince, weeks after its launchthe book disappeared from storesThe reason why remains unknown to this day. 

Apart from the four books listed abovethe Library also has the following titles: 

  1. ARANTES, Thiago. Os dez mais do Santos. Rio de Janeiro: Maquinária, 2012. 184 p.
  2. BARBOSA, Benedito Ruy. Primeiro tempo. São Paulo: Magma Cultural, 2011. 320 p.
  3. BARBOSA, Gino Caldatto; MEDEIROS, Marjorie de Carvalho Fontenelle de; BARBOSA, Ney Caldatto. Museu Pelé: restauração e legado; Pelé Museum: restoration and legacy. São Paulo: Magma Cultural, 2014. 203 p.
  4. BARRETO, Marcelo. Os 11 maiores camisas 10 do futebol brasileiro. São Paulo: Contexto, 2010. 256 p.
  5. BASTHI, Angélica. Pelé: estrela negra em campos verdes. Rio de Janeiro: Garamond, 2008. 196 p.
  6. CAMPOS JUNIOR, Celso de. As joias do Rei. Santos: Realejo, 2013. 189 p.
  7. CASTELLO, José. Pelé: os dez corações do rei. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004. 231 p.
  8. CASTRO, Marcos de; MAXIMO, João. Gigantes do futebol brasileiro. 2ª edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011. 450 p.
  9. CHAMOIN, Marcelin. Pelé & Garrincha: le roi et la joie du peuple. Paris: Edição do Autor, 2018.
  10. CLINE-RANSOME, Lesa. Pelé. New York: Atheneum Books for Young Readers, c2007.
  11. CORDEIRO, Luiz Carlos. De Edson à Pelé: a infância do Rei em Bauru. São Paulo: DBA, 1994. 128 p.
  12. CUNHA, Odir. Segundo tempo: de ídolo a mito. São Paulo: Magma Cultural, 2014. 320 p.
  13. DUARTE, Orlando; SEVERINO FILHO. Fried versus Pelé. São Paulo: Makron Books, 2001. 144 p.
  14. KOWET, Don. Pelé. New York: Atheneum, 1976. 129 p.
  15. MACHIN, Noel. Pelé, king of soccer. New York: Longman, 1984. 16 p.
  16. MARIO FILHO. Viagem em torno de Pelé. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1963. 353 p.
  17. MONTE ALTO, Cristiana; ZARVOS, Claudia (coord.). Pelé: a arte do Rei. São Paulo; Rio de Janeiro: MASP; Fundação Casa França-Brasil, 2002. 79 p.
  18. MORAES, Mario de. Futebol é arte: parte I. Rio de Janeiro: MIS, 2002.
  19. MOSTARO, Filipe. Garrincha X Pelé: a influência da mídia na carreira do jogador. Juiz de Fora: Autor, 2012.
  20. MUYLAERT, Roberto et al. Pelé 70. São Paulo: Brasileira, 2009. 162 p.
  21. NASSER, Carlos. Jogadores eternos: a história do futebol através de entrevistas. Ribeirão Preto: Novo Conceito, 2014. 240 p.
  22. PATARRA, Paulo (coord.). A Seleção Brasileira de todos os tempos. São Paulo: Abril, 1969. 164 p.
  23. PELE [com BARBOSA, Benedito Ruy]. Eu sou Pelé. São Paulo: Francisco Alves, 1963. 191 p.
  24. PELE [com CARBONI, Massimo Marconi]. Manual de futebol: dicas do Pelé. São Paulo: Melhoramentos, 2002. 120 p.
  25. PELE [com FISH, Robert L.]. My life and beautiful game. New York: Warner Books, 1977. 371 p.
  26. PELÉ [com MAZZEI, Júlio; CARBONI, Massimo Marconi]. Jogando com Pelé. Rio de Janeiro: José Olympio, 1974. 114 p.
  27. PELÉ [mit DUARTE, Orlando; BELLOS, Alex]. Mein leben. Frankfurt am Main: Scherz, 2006. 285 p.
  28. PELÉ; MORRISON, Frank. Por amor ao futebol!. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2010. 40 p.
  29. PELÉ; WINTER, Brian. Pelé: a importância do futebol. Santos: Realejo, 2014. 220 p.
  30. PELÉ; WINTER, Brian. Why soccer matters. Londres: Celebra, 2014. 304 p.
  31. POLIDORO JÚNIOR. Um jogo inesquecível: Avaí 1X2 Santos: 15 de agosto de 1972. Florianópolis: Mix Mídia, 2013. 79 p.
  32. SILVA, Ana Paula da. Pelé, o complexo de vira-latas: discurso sobre raça, modernidade no Brasil. Niterói: Eduff, 2014. 194 p.
  33. SOUZA, Denaldo Alchorne de. Pra frente, Brasil!: do Maracanazo aos mitos de Pelé e Garrincha, a dialética da ordem e da desordem (1950-1983). São Paulo: Intermeios, 2018.
  34. TREVILLION, Paul. King” Pele: an appreciation. Londres: Paul, 1971. 93 p.
  35. XAVIER FILHO, Sérgio (dir.). Pelé, o atleta do século. São Paulo: Abril, 2000. 215 p.

Academic Studies

Would you prefer something more scholarly? 

The King has been the subject of four academic publications: one undergraduate dissertation, one Master’s dissertation and two Doctoral theses. Some of this material can be found in our data bank: https://dados.museudofutebol.org.br/. 

  1. FONSECA, Ouhydes J. Augusto. Pelé, o gol contra: um discurso do poder. 1987, Dissertação (Mestrado) – Escola de Comunicações, Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo. 168 f.
  2. LIMA, Nelson. Dizendo no pé performance de brasilidade: Carmem Miranda e Pelé. 2001. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
  3. SILVA, Ana Paula da. Pelé e o complexo de vira-latas: discursos sobre raça e modernidade. 2008. Tese (Doutorado em Antropologia Cultural) – Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. 229 f.
  4. TRINDADE, Fernando; ORLANDO, Matheus Ramalho. Pelé X Bauru: a relação de amor e desamor entre o Rei do Futebol e a Cidade Sem Limites. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Jornalismo) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru. 155 f.

Multi-media Library

Would you like to watch a film about Pelé? 

The Multi-Media Library has nine of them! These range from documentaries about the 1958 World Cup to a film about the New York Cosmos; from tales of the career of the Santos superstar to a blockbuster starring Sylvester Stallone and Bobby Moore. Pelé himself also plays a goalkeeper in this one! And we are not talking here about the match against Grêmio in 1964. This is the 1986 movie Os Trapalhões e o Rei do Futebol (The Tramps and the King of Football)! 

  1. 1958: o ano em que o mundo descobriu o Brasil: a série. Direção: Pedro Asbeg. Rio de Janeiro: Palmares Produções e Jornalismo; TV Brasil, 2010.
  2. COLEÇÃO Copa do Mundo FIFA: Suécia 1958. Direção: Sammy Drechse. [S. l.]: Abril Coleções, 2010.
  3. FUGA para a vitória. Direção: John Huston. [S. l.]: Vintage, 1981.
  4. MENINOS da Vila: a magia do Santos. Direção: Kátia Lund. São Paulo: Canal Azul, 2014.
  5. O MUNDO a seus pés. Direção: Paul Crowder; John Dower. [S. l.]: Miramax Films; ESPN, 2008.
  6. OS TRAPALHÕES e o Rei do futebol. Direção: Carlos Manga. Rio de Janeiro: Europa Filmes, 1986.
  7. PELÉ eterno. Direção: Aníbal Massaini. São Paulo: Universal Pictures do Brasil, 2004.
  8. PRIMEIRO título mundial da Suécia: Copa do Mundo 1958: Brasil vs. Suécia: final, jogo completo. Direção: Carlos Marconi. São Bernardo do Campo: Telecinagem, 2018.
  9. SANTOS: 100 anos de futebol arte. Direção: Lina Chamie. São Paulo: Canal Azul, 2012.
Capa da Revista do Esporte com uma foto colorida de Pelé com a camisa do Santos e Juninho Botelho com a camisa do Palmeiras, abraçados amigavelmente.
Pelé e Julinho Botelho em capa da Revista do Esporte. Acervo Museu do Futebol | Coleção Julinho Botelho | Direitos Reservados

Make sure you don’t miss a thingThe Reference Center has many stories paying homage to King Pelé 

Dóris Régis and Ligia Dona
Brazilian Football Reference Center Team 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support